Reconecte Lab


Foi um prazer te ver por aqui.




Antes de ir, cadastre-se em nossa newsletter e fique por dentro de nossos lançamentos, textos de autoconhecimento, vídeos inéditos e muito mais.
Nos vemos em breve.

Namastê

A consciência cria nossa realidade

20 de março de 2018 Ressignificando nossa relação com os medos

Se você está acompanhando nossos textos, acredito que já tenha começado a exercitar a prática de identificar seus medos, reconhecendo-os dentro de você e observando como suas sensações e sentimentos surgem ao longo do seu dia a dia. Buscando presença, atenção e conexão antes de reagir por impulso.

 

Este é um exercício constante de autoconhecimento e autoaceitação. Praticá-lo certamente irá acalmar sua mente para um maior estado de presença, entendimento e conexão.

 

Nesse terceiro texto da série Ressignificando nossa Relação com os Medos, falaremos sobre nosso poder de escolha quando acessamos uma maior consciência do todo.

 

 

CURANDO NOSSAS EMOÇÕES

 

Um dos maiores problemas com sentimentos é o fato de, constantemente, lidarmos com o bloqueio deles. Desde criança, na grande maioria das vezes, somos ensinados a engolir nossas emoções. Quando choramos, comumente os adultos nos dizem: “calma, não foi nada, já passou”. Quando ficamos bravos nos dizem: “fica quieto, se comporta”. Consequentemente, crescemos entendendo que não é saudável expressar nossos sentimentos. Que de alguma forma, é perigoso expressá-los, e que iremos machucar os outros se assim o fizermos. Ao longo da vida, vamos criando essa camada espessa que acumula medo, vergonha, tristeza, raiva, etc.

 

Existem diversas práticas conhecidas como Emotional Releases (Liberação de Emoções). O intuito delas, como já diz o nome, é liberar e fazer fluir os sentimentos dentro de nós. Dentro dessa prática, podemos liberar tanto as emoções que estão acontecendo no momento presente, como também as emoções e memórias que foram cristalizadas ao longo do tempo. Dentro de nós, guardamos emoções e tensões desde que fomos concebidos. Quando estávamos na barriga de nossa mãe, já armazenávamos as tensões e energias dela. Portanto, essa limpeza energética e emocional não está relacionada somente a nós, ela vai muito além, e abrange toda a energia coletiva e ancestral a nossa volta.

 

A importância de saber sobre isso é entender que dentro da nossa mente já existe um padrão muito bem estabelecido de reação. É como se, ao longo de nossa vida, fossemos construindo um caminho de como reagir as nossas emoções. Cada vez que passamos por alguma situação similar, vamos desenvolvendo mais esse caminho. Com o tempo, esse caminho vai ficando cada vez mais forte e rígido. Como se fosse uma grande estrada. Então quando sinto raiva, minha reação já está no caminho automático de pegar essa via, e eu reajo sem nem pensar muito a respeito. O exercício de buscar presença antes de reagir, nos capacita a frear essa reação. É como se déssemos alguns passos para trás e olhássemos esse processo mental. Queremos mesmo seguir essa via que sempre seguimos? Ou será que existe algum outro caminho?

 

Observar essa situação é o ponto mais crítico, pois esse é o momento que temos mais dificuldade de raciocinar. Estamos enxergando através dos filtros da nossa mente tomada pela emoção. E é nessa hora que os exercícios de emotional releases podem ser de grande ajuda. Próxima vez que se sentir triste, por exemplo, experimente abrir o peito com os braços para trás. Lembre-se que quando nos abrirmos, naturalmente enviamos amor incondicional para todos os nossos problemas. Uma vez acessada nossa emoção, é importante nos permitirmos senti-la profundamente. Dê um tempo para que ela flua e algo novo aparecerá em seu lugar. De forma mais centrada e enraizada podemos retomar nossa pergunta, e decidir qual caminho queremos escolher.

 

 

TRAZENDO CONSCIÊNCIA E ESCOLHENDO NOSSOS CAMINHOS

 

A física quântica revela que quando falamos aquilo que queremos, a chance de isso acontecer é de 30 a 40%. Quando visualizamos, aumentamos as chances para 50 a 60%. Quando manifestamos que estamos prontos para receber o que dissemos e visualizamos, as chances de isso se concretizar são de 80 a 90%. Portanto, reflita o que você está manifestando na sua vida. Temos o poder de criar tudo aquilo que queremos.

 

Se você gostaria de mudar alguma reação, pois entende que não quer mais esse padrão na sua vida, manifeste isso. Dedique um tempo para expressar, visualizar e entender como você quer essa mudança.

 

Realizar o processo de identificação dos medos, reconhecê-los, observar as sensações do corpo, identificar as emoções, buscar presença, se permitir sentir e então tomar a decisão de como prosseguir, te trará uma incrível capacidade de escolha. A liberdade acontece quando nos enxergamos capazes de recriar nossos caminhos. Sem mais precisar repetir padrões ou crenças limitantes para buscar aprendizados.

 

O autoconhecimento é um caminho infinito em que nos deparamos constantemente com novos desafios. Começar a compreender esses processos internos e padrões de defesa fará com que tenhamos mais compaixão com nós mesmos. Assumir responsabilidade por nossas fraquezas e incertezas, nos enxergar vulneráveis e em constante aprendizado é a mais pura definição de coragem.

 

 

CONFIAR

 

Toda vez que você se perguntar o que é preciso para lidar com seus medos, lembre-se de que a resposta está em confiar. Confiar de que tudo o que acontece é da melhor e mais alta maneira para aprendermos na vida. Confiar de que podemos contar com pessoas maravilhosas a nossa volta. Confiar que podemos aprender a sermos pessoas melhores. Confiar que tudo o que queremos é possível. Confiar que estamos conectados diretamente com uma fonte de amor incondicional. Confiar que podemos aprender as habilidades que nos faltam para nos sentirmos mais confiantes e capazes. Confiar que tudo acontece no tempo perfeito quando estamos prontos para receber aquilo que manifestamos.

 

Então lembre, você sempre tem a escolha de como reagir e criar seu caminho único e autêntico. Se identificou com o texto? Conte para nós, aqui nos comentários, como que ele reverberou para você. Se quiser saber mais sobre o assunto, participe da live semana que vem, dia 28/03 às 19h00, em nossas páginas no facebook ou instagram.

 

Nosso próximo texto será sobre formas verdadeiras de nos comunicarmos. O que podemos fazer para chegar nesse lugar de empatia, apoio, verdade e comunhão. Não deixe de acompanhar nossas mídias para ficar por dentro de tudo.

 

Seguimos conectados.

 

Namastê.

 

André Romanholi

 

1 Comentário

  1. edson disse:

    adorei o texto…lembrei da ” lei da atração ” sem suas fantasias…uma viagem em nossa psique…e belas dicas para vencer nossos frequentes Sr. Medo..abcs

Deixe o seu comentário!

Icone Jornada

Reconecte Lab

Quem Somos


saiba mais >>
Icone E-mail

Newsletter

Icone Instagram

Instagram

Newsletter

Cadastre-se em nossa newsletter e e receba em primeira mão o lançamento de nossas experiências.

Contato

Telefone
(11) 99162-0096

Deixe uma mensagem, uma sugestão ou um comentario!

Informações do Rodapé

Reconecte Lab

Sobre Nós

A Reconecte Lab é um espaço de criação de viagens terapêuticas, vivências e atendimentos de autoconhecimento, focados em reconectar as pessoas com a energia da natureza e sua essência livre.

Desenvolvemos experiências de aprofundamento interno em diferentes ambientes espalhados pelo Brasil. Nossa maior paixão é promover autoconhecimento fora da nossa zona de conforto.

Saiba Mais